quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

(o amor não é) Brincadeira

Eu estava brincando de ser criança com você?
O teu sorriso era tão largo
Tão puro
Que às vezes acho que era o meu também

Os teus olhos brilhavam tanto
Tão quentes
Inocentes
Que cheguei a pensar serem os meus também

Mas eu não sou criança, menina
Sou pedra, sou chama
Desespero e frieza

E sinto mesmo é falta de ser criança outra vez.

Como foi que me perdeste, menina?
Estávamos só brincando.

2 comentários:

  1. Me identifiquei e adorei.

    Você está cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  2. Cuiti cara, depois da uma olhada no meu blog! Coloco minhas letras!

    ResponderExcluir